quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Left in the Dark: No One on Board


When private detective Charlotte Austin accepts her latest commission, she immediately knows it will be an unusual one. A bizarre letter from the Mayor of Port Providence arrives asking for help investigating the mysterious disappearance of a missing ship, which has suddenly reappeared without crew or cargo. During her first attempts to solve the case, Charlotte realizes that the reports in the local press about an alleged curse may be more than local folklore. Her encounter with a hooded figure in the supposedly abandoned shipwreck, along with other seemingly impossible events, reinforce her belief that there is more going on in Portsmouth than meets the eye. Detective Austin must discover the link between the abandoned ship, Devil Island, and the unsolved murder of a local family. Will she discover the curse that is dooming ships out of Portsmouth, and be able to stop it before more people die?
Quando detetive particular Charlotte Austin aceita seu último comissão, ela imediatamente sabe que vai ser um incomum. A carta bizarra do Prefeito de Porto Providência chega pedir ajuda a investigar o misterioso desaparecimento de um navio de falta, que, de repente, reapareceu sem tripulação ou carga. Durante suas primeiras tentativas para resolver o caso, Charlotte percebe que os relatos na imprensa local sobre uma suposta maldição pode ser mais do folclore local. Seu encontro com uma figura encapuzada no naufrágio supostamente abandonada, juntamente com outros eventos aparentemente impossíveis, reforça sua crença de que há mais coisas acontecendo em Portsmouth do que aparenta. Detective Austin deve descobrir a ligação entre o navio abandonado, Ilha Diabo, eo assassinato não solucionado de uma família local. Será que ela vai descobrir a maldição que está condenando navios de Portsmouth, e ser capaz de detê-lo antes que mais pessoas morrem?

278MB
Idioma/Language : Inglês/English
créditos / credits
leegt

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Assim que possível responderei a todos.

Abraços

Mary